Está na hora do marketing baseado em comunidades online?

Marcas precisam abandonar narrativas próprias para se tornarem envolventes, autênticas e abertas a críticas
Um estudo da consultoria Sid Lee descobriu que jovens da geração Y e Geração Z são atraídos por comunidades online baseadas em valores, onde moldam seu senso de identidade e encontram alegria e inspiração, e marcas que participam desses domínios, como Peloton, Roblox e Patagônia, criam confiança e “evangelismo”.
Andy Bateman, CEO da Sid Lee nos Estados Unidos, diz que as marcas que desejam atingir esse grupo demográfico em plataformas como TikTok ou Snapchat precisam deixar de “possuir sua narrativa” para se tornarem envolventes, autênticas e abertas a críticas.
Leia a matéria completa, em inglês, no site do The Drum