A vez dos pequenos e microempresários na fidelização

Era digital democratizou as estratégias para surpreender positivamente os clientes

0
3
Thais Antoniolli
Thais Antoniolli

Autora: Thais Antoniolli

Até pouco tempo atrás, conseguiam impactar positivamente seus públicos-alvo as empresas que faziam grandes investimentos em campanhas de massa ou em ações direcionadas a um seleto grupo de consumidores, aqueles considerados VIP.

Não é preciso nem mencionar aqui que essas condições sempre foram inerentes ao ambiente de empresas de médio e grande portes, que normalmente contam com budget para esse tipo de iniciativa. Mas a era digital chegou para transformar e, por que não dizer, democratizar essa realidade.

Hoje o contato virtual com os consumidores permite até mesmo aos microempreendedores expandir seus negócios para muito além de seu bairro, região ou cidade. E se estamos falando aqui de surpreender positivamente os clientes, essa interação digital possibilita também que o microempresário conheça mais a fundo grande parte do seu público, para assim oferecer produtos e serviços customizados, personalizados de acordo com o perfil de seus compradores.

Posso dar como exemplo uma experiência sensacional que tive recentemente ao comprar um produto de uma pequena empresa por meio de uma loja virtual colaborativa. Além de anteciparem a produção e a data de entrega, ainda me enviaram uma carta para explicar como utilizar e acondicionar melhor o produto que comprei. Também houve muita interação pelo site. Fiquei extremamente satisfeita e reforcei ainda mais minha crença de que a nova forma de compra, 100% virtual e com atendimento diferenciado, chegou para ficar.

Isso mesmo! Fidelização de clientes não é mais assunto apenas de “gente grande”. No entanto, é imprescindível que o pequeno ou microempresário saiba utilizar de maneira assertiva os dados disponíveis, especialmente porque essa democratização também abriu portas para a concorrência crescer consideravelmente.

Está sim cada vez mais difícil surpreender o consumidor, que conta com inúmeras opções de produtos e serviços similares a um “click de distância”. Por isso, se por um lado a era digital representa um leque enorme de possibilidades de crescimento, por outro exige um empreendedor cada vez mais arrojado e inovador, capaz de se reinventar constantemente para deixar sua marca na memória do consumidor.

Não há como negar que estamos diante de um cenário muito desafiador. Está na hora de identificar suas oportunidades de fazer a diferença e conquistar novos clientes, além de manter fiéis aqueles já conquistados.

Thais Antoniolli é presidente da PR Newswire América Latina.