Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

São Paulo, Brasil - 26 de fevereiro de 2024, 05:16

Converge lança espaço multiuso para empresas no metaverso

Novidade permite que empresas realizem, no espaço virtual, desde eventos menores e simultâneos até grandes festivais e feiras 

A Converge, unidade de negócios da startup de soluções de realidade aumentada R2U – que oferece solução one stop shop para empresas no metaverso -, anunciou o lançamento do “Convergeland”, primeiro espaço multiuso para empresas no espaço virtual. Com mais de 30 “parcels”, ou lotes, a “land”, ou terreno, poderá acomodar desde eventos menores e simultâneos até grandes festivais de música e feiras envolvendo milhares de participantes. O investimento foi de 50 mil dólares, ou pouco mais de R$ 250 mil, e a previsão da Converge é obter um retorno de 3 vezes o valor em 12 meses.

Localizada no “Decentraland”, com as coordenadas 109, -149, a curta distância da Dragon City, os principais diferenciais do “Convergeland” são a facilidade de acesso para locação, a possibilidade de alugar áreas por dias ou até meses, a opção de modulação do espaço e valores e pagamento em Real.

Caso haja interesse, as empresas podem optar por modelagens 3D já prontas, como áreas para feiras, congressos, workshops, shows, convenções, lançamento de produtos, além de máquinas de “mintagem” (registro em blockchain) de NFTs, gamificações, dentre outros. Também é possível realizar experiências de customização de produtos, que depois poderão ser vistos em realidade aumentada.

“A decisão de lançarmos o primeiro espaço multiuso para empresas no metaverso, especificamente no ‘Decentraland’, surgiu devido à concentração de ações das principais empresas a nível mundial dentro dessa plataforma, como JP Morgan, Samsung, Skechers, além de eventos de alto impacto, como o Metaverse Fashion Week e a 1ª Semana de Arte no Metaverso. Já a proposta de o Convergeland ser multiuso, com a possibilidade de as empresas usarem modelagens 3D pré-prontas de espaços com algumas customizações, veio de percebermos no dia a dia, junto aos nossos clientes e prospects, a dificuldade com relação a prazos e valores de investimento”, explicou Valéria Carrete, Chief Metaverse Officer da Converge.

Para aprimorar ainda mais sua atuação, a Converge integra o Metaverse Standards Forum, uma associação que reúne as principais organizações e empresas com o objetivo de promover padrões de interoperabilidade para um metaverso aberto. O Forum explora, por exemplo, onde a falta de interoperabilidade impede a implantação do metaverso e como o trabalho das Organizações de Desenvolvimento de Padrões (SDOs) pode ser coordenado e acelerado. “Com o lançamento do ‘Convergeland’, buscamos democratizar e agilizar as ações das empresas brasileiras dentro do metaverso, possibilitando a experimentação e o aprendizado por meio de ações diversas”, assegurou a executiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima