Ibmec São Paulo apresenta novo campus

0
1


Com investimento da ordem de R$ 40 milhões, o Ibmec São Paulo inaugura, hoje (31/01), seu novo campus. Com 10 mil m2 de área útil e um espaço 66% maior que o ocupado anteriormente, o prédio vem atender à necessidade de equalização da estrutura à crescente demanda pelos cursos da instituição. O novo campus está localizado na Rua Quatá, nº 300, Vila Olímpia.

A configuração mais horizontal do novo campus visa facilitar a convivência e a integração e otimizar a eficiência operacional da escola. O prédio foi construído pela Matec Engenharia no sistema built to suit. Essa nova forma de investimento do mercado imobiliário consiste em construir um empreendimento sob medida para um locador, que no caso do Ibmec São Paulo ocupará o imóvel por um prazo inicial de 18 anos. O investimento total é da ordem de R$ 40 milhões, dos quais R$ 15 milhões foram destinados à parte interna, incluindo acabamentos, móveis e equipamentos. Com cinco pavimentos (térreo e mais quatro andares) e três subsolos, o prédio possui 27 salas de aula.

Do total de salas de aula, sete têm o formato de anfiteatro e, destas, quatro são idênticas às da Harvard Business School, que cedeu as plantas originais à escola. A maior delas, a Sala Harvard 1, tem 240 m2 de área e capacidade para 122 alunos. As outras três salas com essa configuração têm 210 m2 de área cada uma e espaço para 110 alunos. As Salas Harvard, em formato de anfiteatro, facilitam a aplicação do método participativo e a discussão de cases, que já são praticados na escola. Além disso, a tecnologia e os materiais empregados são de última geração e os projetos de acústica e iluminação visam proporcionar o máximo aproveitamento das aulas.

Desenvolvido dentro do conceito de edificação inteligente, o novo campus possui modernos recursos tecnológicos voltados à comunicação, entre eles mais de 3 mil pontos de rede, internet sem fio (wireless), estrutura de telefonia, comunicação de dados por fibra ótica, TV a cabo e telefonia IP. O projeto favoreceu ainda a flexibilidade no layout, tornando mais fáceis as eventuais mudanças de configuração exigidas por uma instituição educacional. Tanto que existe a possibilidade de expansão futura para, aproximadamente, 3.000 m2 adicionais de área útil no empreendimento, o que significa 20 novas salas de aula. A parte interna do prédio, construída com modernos componentes em drywall, também permite futuras modificações.