Aproveite. Ainda dá tempo de inscrever seu case

O canal para quem suspira cliente.

São Paulo, Brasil - 27 de fevereiro de 2024, 10:37

Retail Weeks: Relação entre compras e games é tendência para marcas e anunciantes

Marcus Imaizumi, diretor de desenvolvimento de negócios globais da Siprocal

Existem hoje diferentes frentes que podem ser utilizadas para inserir uma marca dentro de um jogo de forma promocional, com engajamento e sem gerar fricção

Autor: Marcus Imaizumi

No cenário de marketing em constante evolução, diversos players do varejo têm buscado formas mais criativas e assertivas para alcançar sua audiência e impulsionar as vendas. Uma das estratégias utilizadas é a inserção de publicidade em jogos. Isto porque a modalidade atrai diferentes públicos e nichos, desde jogadores profissionais até jogadores casuais, passando por fãs que apenas acompanham os campeonatos de eSports. 

Em períodos lucrativos para o comércio eletrônico, como a Semana Gamer, Black Friday, Semana do Consumidor e Semana Geek, a visibilidade e a diferenciação são aspectos cruciais para o sucesso das vendas. Por isso, para as marcas que buscam se diferenciar e alcançar seu público onde ele realmente está, independente da tela em que esteja consumindo o conteúdo, a publicidade em jogos oferece ao varejo a chance de obter mais visibilidade. Criando experiências imersivas para os jogadores, as marcas podem se sobressair em meio à concorrência.

Dados da Pesquisa Game Brasil de 2022 apontam que 35,8% dos entrevistados adquiriram acessórios eletrônicos na última Black Friday, enquanto 81,9% deste total têm a intenção de comprar novamente. E para reforçar que este é um perfil de consumidor bancarizado, 78,6% dos gamers respondentes afirmaram possuir cartão de crédito. 

Hoje há diferentes frentes que podem ser utilizadas para inserir uma marca dentro de um jogo de forma promocional, com engajamento e sem gerar fricção. A experiência in game, por exemplo, permite que os varejistas lancem campeonatos com prêmios, brindes e descontos exclusivos aos participantes, além de exibir a marca em banners e outdoors que compõem o cenário virtual dos jogos.

Já nas lojas dos programas que hospedam os jogos, é possível disponibilizar cupons de desconto e itens promocionais das marcas parceiras que podem ser resgatados com as próprias moedas oficiais das plataformas, conquistadas pelo jogador em partidas passadas. 

Uso de dados de gaming para uma segmentação assertiva

Uma grande dificuldade no contexto da publicidade digital é a segmentação de audiência. Muitas vezes os anúncios são um tiro no escuro para atingir determinado público-alvo. Anúncios no ambiente de games e eSports superam esse tipo de obstáculo. 

Por dialogarem com um público altamente engajado e qualificado, os anúncios veiculados em plataformas de jogos posicionam o anunciante como a marca de preferência dos gamers. Isso vale tanto para anunciantes endêmicos – diretamente conectados com a experiência de jogo, como eletrônicos, PCs e acessórios – quanto não-endêmicos. 

Todavia, compreender o potencial dessa estratégia é apenas o primeiro passo. Por isso, é essencial investir de forma contínua na elaboração de campanhas inovadoras e cativantes que realmente se relacionem com a comunidade gamer. Unir lazer com consumo pode contribuir para o aumento do nível de reconhecimento da marca e fidelização do cliente gamer.

Marcus Imaizumi é diretor de desenvolvimento de negócios globais da Siprocal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima