AeC é reconhecida pela Frost & Sullivan

Empresa recebe o 2021 Brazilian Customer Value Leadership Award com base em recente análise do mercado no Brasil

0
73
Raphael Duailibi, CEO da AeC
Raphael Duailibi, CEO da AeC

Com base em recente análise do mercado de serviços de terceirização de experiência do cliente no Brasil (CX), a Frost & Sullivan reconheceu a AeC com o 2021 Brazilian Customer Value Leadership Award. De acordo com a consultoria, a AeC combina expertise em tecnologia com experiência em relacionamento humano para desenvolver soluções customizadas para diversos clientes. A Frost & Sullivan classificou a AeC como uma empresa que oferece uma das propostas mais competitivas do mercado, bem como excelente qualidade, treinamento e um portfólio de tecnologia alinhado com os principais padrões globais.

“Embora os concorrentes no Brasil normalmente dependam da infraestrutura tecnológica local, aproximadamente 70% dos projetos digitais da AeC estão localizados no Google Cloud. Essa abordagem baseada em tecnologia e seus altos ​​investimentos em recursos humanos ajudaram a entregar um valor excepcional durante a pandemia”, disse Juan Manuel González, diretor de Pesquisa. “Por exemplo, o uso da plataforma Robbyson, de gestão de pessoas, ajuda a AeC a facilitar a comunicação entre os gerentes e suas equipes e simplifica a visualização dos resultados. A solução combina tecnologia e ferramentas de gestão enquanto gera ganhos de desempenho e produtividade.”

A consultoria considerou em sua análise o desempenho da AeC durante a pandemia de Covid-19. A partir da ciência de dados, a empresa conseguiu ajudar os clientes a entender o melhor momento para abordar os consumidores e identificar as ofertas mais relevantes para perfis de clientes específicos. De acordo com a Frost & Sullivan, ao empregar uma combinação de tecnologia e experiência humana, a AeC foi capaz de garantir a continuidade operacional e de negócios durante lockdowns e medidas restritivas em diversas cidades onde atua. “Essa abordagem híbrida também permite que a AeC desenvolva soluções customizadas para diversos clientes, diferenciando-a de outros concorrentes”, observou González, que avalia: “A AeC está no caminho certo para consolidar sua posição entre as principais empresas de terceirização do Brasil e está atraindo negócios de companhia ávidas pela transformação digital.”

A expectativa da AeC é crescer a taxas de dois dígitos em 2021 e 2022, à medida que continua a manter uma forte presença em mercados consolidados, como o segmento de telecomunicações. “O diferencial da AeC está no modo como combina os atendimentos humano e digital para oferecer ao consumidor uma jornada capaz de resolver todas as suas necessidades de forma rápida e eficiente. Tudo isso utilizando recursos tecnológicos de ponta, como inteligência artificial, serviços em nuvem e ferramentas de analytics e automação”, explica o CEO da AeC, Raphael Duailibi.