Microsoft e Yahoo retomam negociações



Está em todos os jornais: uma quase-rebelião liderada pelo bilionário Carl Icahn, um dos principais acionistas do Yahoo, levou as duas empresas outra vez para a mesa de negociação. Segundo os jornais, nenhuma das empresas confiram detalhes mas parece que o interesse renovado da Microsoft está centrada no negócio de “search advertising”. Faz sentido, pois mira os países baixos do principal inimigo, Google.


A retomada do processo foi anunciada ao meio-dia de ontem, domingo, pela Microsoft em um comunicado curto. O Yahoo publicou seu próprio comunicado no final da tarde, afirmando que o comitê da empresa avaliaria quaisquer alternativas “incluindo qualquer proposta da Microsoft”. Mas acrescentava: “Yahoo! confirmou que a Microsoft não está interessada em adquirir toda Yahoo! desta vez”.


Citando fontes não divulgadas, o New York times relatou que a Microsoft está agora propondo uma parceria ou um joint-venture na área de publicidade “search-related”. Esse acordo permitiria que Yahoo continuasse operando independentemente em outras áreas de publicidade, páginas de conteúdo, serviço de email e outros tipos de negócios, um acordo que chegou a ser testado com o Google – que, aliás, não divulgou comentários sobre o comunicado da Microsoft.


Fonte: SiliconValley.com