A festa foi boa, hein…

0
1

Quem ganhou foi o mercado. Esta pode ser a resposta a muitas das questões que movimentaram o mercado de relacionamento com clientes nos últimos meses. Por mais que os organizadores do evento se esforçaram para dimensionar o espaço para acomodar os profissionais atraídos para o IV Prêmio da ABT 2004, o lobby do Hyatt acabou se mostrando pequeno. Foram mais de mil profissionais que se aglomeraram entre os principais executivos do mercado, de presidentes de organizações de várias áreas e entidades, além de políticos como o deputado Arnaldo Jardim, até o operador da Telefutura, que ganhou reconhecimento pelo seu trabalho.


“O impressionante foi a vibração das pessoas ao anúncio de cada vencedor, independente da premiação”, comemorava Mirian Garrido, ao lado do sócio Rafael de Falco e Milton Tortella, da Vettor Cases. Depois de pouco mais de uma hora, entre os discursos entusiasmados do presidente Topázio Silveira Neto, da ABT, que enumerou as conquistas da atividade no decorrer do ano, e de Carlos Umberto Allegretti, diretor geral do evento, que agradeceu o esforço e citou nominalmente todos os envolvidos (jurados, apoiadores e patrocinadores), o momento final foi marcado pelo conhecimento do Executivo do Ano. Aliás, a Executiva Ana Dávalos, da Editora Abril, a vencedora, depois de uma disputa acirrada. “O Prêmio ABT se posicionou pela ética e profissionalismo”, brindou Topázio.


Veja no decorrer do dia, nossa cobertura do evento, matérias sobre a festa e a lista dos vencedores.


DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorImplantação de Help Desk
Próximo artigoCertificação junto a Anatel