O canal para quem respira cliente.

Ação no presente, de olho no futuro

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Autor: Roberta Alves

 

Estamos no meio do ano e que tal fazer uma avaliação semestral, em vez daquela tão conhecida que a grande maioria das pessoas faz no fim ou início do ano? Assim ainda dá tempo de realizar ajustes importantes e conquistar seus objetivos nos próximos meses, sem deixar para 2010. Ganhe tempo.

 

Caso você não tenha idéia de como fazer para obter o que almeja, ou saiba muito bem o que deseja e os passos para chegar lá, mas ainda não chegou e quer uma mãozinha, há um profissional no mercado que pode auxiliá-lo nessa tarefa: o coach (em inglês, a palavra significa treinador), um facilitador, que por meio do coaching (processo) acompanha o cliente desde seu estado atual até o estado desejado, isto é, a sua meta. O coaching também é útil quando a pessoa não sabe o que realmente quer, dessa forma tem a oportunidade de descobrir. O foco de atuação é no presente e futuro, rumo à concretização de seu objetivo. É o aqui e agora e o que você quer atingir.

 

O coaching não é terapia, mentoring, counseling (aconselhamento), treinamento, nem consultoria. O coach não dá opinião, não diz o que o cliente deve fazer. Por meio de perguntas poderosas, feitas nos momentos adequados e utilização de ferramentas específicas, permite que o cliente chegue às respostas, já que ele mais do que ninguém sabe o que é melhor para si mesmo. Por meio do coaching o cliente tem a possibilidade de acessar os recursos que já possui, e muitas vezes não sabe que possui, ou não tem ideia de como colocá-los em prática a seu favor.

 

Tanto aspectos profissionais (mudança de carreira, relacionamento profissional, alcance de metas etc.), como questões pessoais (compra de um imóvel, melhora do casamento, emagrecimento etc.) podem ser trabalhados por meio do coaching. Lembrando-se sempre de que o resultado do trabalho é uma atuação de coach e cliente construída a quatro mãos. O coach ilumina o caminho e quem o percorre é o cliente.

 

Roberta Alves é coach da Casa Movimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima