AL terá que profissionalizar call centers

0
2



O Governo do Estado de Alagoas, por meio da Secretaria da Defesa Social, tem seis meses para profissionalizar os serviços de Call Center do 190 (Polícia Militar) e 193 (Corpo de Bombeiros), de acordo com matéria do site Gazetaweb, de Alagoas. O Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) questionou o fato de o Executivo utilizar menores aprendizes para o atendimento, considerando que o serviço, executado por adolescentes, deixaria a desejar, havendo a possibilidade de prejuízos ao solicitante.

 

Acórdão publicado na edição desta sexta-feira (03/02) do Diário Oficial do Estado traz informações sobre Termo de Compromisso de Ajuste de Conduta (TAC) firmado entre Conseg e Defesa Social, que terá seis meses para regularizar a situação, profissionalizando o serviço. “Há a necessidade de profissionalização do setor, como ocorre em outros estados, nos quais empresas privadas, especializadas em call center, foram contratadas”, explicou o presidente do Conselho de Segurança, advogado Paulo Brêda, na matéria.