Carnaval também gera engajamento

0
2
No que depender da Call Contact Center, seus colaboradores não vão passar o Carnaval em branco. Como de costume, ela vai comemorar a data junto do seu público interno. Pensando na grandiosidade da festa, a visão estratégia da empresa é inserir os colaboradores no que acredita ser o melhor do Carnaval. “Nosso lema é ´Comemorar o Carnaval de forma segura e consciente, aproveitando o que de melhor esta linda festa pode nos proporcionar´”, comenta Kelly Cortes, superintendente nacional de desenvolvimento humano da Call.
Isso passa por proporcionar atividades para o desenvolvimento de valores como sustentabilidade e pertencimento, segundo a executiva, por meio da criação de fantasias para uso próprio, com materiais que futuramente serão reciclados; união e trabalho em equipe na elaboração conjunta de itens de decoração temática; criatividade e valorização do ser humano, ao estarem inseridos como autores, tendo a oportunidade de despertar seu lado criativo e demonstrar talentos individuais que contribuem significativamente para o ambiente operacional. “Uns cantam, outros dançam, outros  ainda, compõem. A criatividade tão esperada surge, aflora e contagia”, comenta.
Assim, a ação terá decorações carnavalescas, apresentação de grupo de pagode, exibição de marchinhas compostas pelos operadores, aulas de dança no estilo Zumba, Fitdance e Samba, sextas-feiras temáticas e concursos de Rei e Rainha de bateria. A campanha também envolve a conscientização sobre possíveis riscos, com a distribuição de preservativos masculinos/femininos, informativos nos murais e intranet sobre riscos de doenças sexualmente transmissíveis e palestras instrutivas sobre a combinação de álcool e direção, ministrada por um agente do Detran.
Ela esclarece que a empresa quer, com isso, provocar no colaborador um senso de pertencimento do negócio. “Mostrar que somos do segmento de call center, mas com grande diferencial motivacional. Para o sucesso de nosso baile de Carnaval, é preciso muito envolvimento da gestão e engajamento dos operadores, todos com vontade de fazer o seu melhor de uma forma voluntária.” De acordo com ela, já foi percebido, ao longo do processo, a eficácia das ações em grupo por um único ideal. “Neste momento nossos esforços se unem para entrega de indicadores de perfomance, mas sem deixar de lado a força e alegria brasileira que o carnaval nos traz, em um ambiente agradável e produtivo”, completa.
AÇÕES TEMÁTICAS
A superintendente reforça que as ações temáticas foram incorporadas às instituições com o objetivo de motivar o funcionário. No século passado a preocupação das grandes empresas era investir em pacotes de benefícios apenas financeiros. No entanto, com o crescimento do mercado de trabalho, e expansão do negócio de contact center para o público jovem, a geração Y, fez-se necessário inovar e incluir o viés emocional. “Assim, os valores gastos com ações motivacionais deixaram de ser custo, e se tornaram investimento, garantindo uma equipe pontual, assídua, produtiva e saudável, uma vez que fazer atividades em ambiente agradável, apropriado, com a disponibilidade de todas as ferramentas laborais necessárias à prática da atividade fim cria um quadro produtivo.” 
O resultado na Call do trabalho desenvolvido em conjunto por uma equipe multidisciplinar, composta por Sesmt, psicólogos, endomarketing e gestores, foi a redução na apresentação de atestados médicos, bem como absenteísmo. “Por meio de ações conectadas às datas comemorativas como Carnaval, a Call conquista o público interno, fideliza-o e gera grandes inovações que contribuem para o crescimento pessoal, bem como empresarial, composto por pessoas engajadas de forma a fazer o que precisa ser feito, de forma qualitativa”, finaliza.