Como ser assertivo?

0
13
Autor: Eduardo Shinyashiki
O termo “assertividade” deriva do latim “asserire” com o significado de afirmar a si mesmo, sustentar a própria opinião. Nesse sentido, ser assertivo significa saber expressar de forma clara e eficaz as próprias emoções, ideias e direitos sem assumir uma atitude agressiva em relação ao interlocutor, respeitando o seu posicionamento.
Num contexto mais amplo, assertividade se relaciona também com eficácia pessoal, eficiência, afirmação, habilidade social e competências emocionais. Muito legal, não é mesmo? Porém, nem sempre é fácil ter uma postura assertiva.
Especialmente no contexto profissional acontece que, às vezes, deixamos que as nossas ideias sejam desqualificadas e não consideradas. Saber expressar e defender as próprias opiniões e pontos de vista requer uma atitude interna de autoestima e a autoconfiança.
Ser assertivo pressupõe conhecer a si mesmo. Essa óbvia constatação é, na realidade, a mais árdua para ser trabalhada, pois significa desenvolver a autoestima, o próprio posicionamento frente ao mundo, o autoconhecimento e o fortalecimento das competências emocionais. E como ser assertivo?
É necessário desenvolver habilidades práticas ligadas, por exemplo, à maestria na comunicação verbal e não verbal. Além disso, estar sempre disposto a aprender, estar aberto ao novo, ao conhecimento, às mudanças dos contextos e à analise dos cenários, contribui para a assertividade.
Esse é um processo contínuo de amadurecimento onde não é somente necessário aprender coisas novas, mas especialmente aprender a ver as coisas com novos olhares.
Para compreender melhor a assertividade precisamos pensar nela como o ponto no meio entre dois comportamentos extremos que são a passividade e a agressividade. Ela é o ponto de equilíbrio que permite atingir o objetivo com foco, calma e eficácia.
A assertividade é uma qualidade chave das pessoas de sucesso, realizadas e focadas nos resultados, atentas a flexibilizar e suavizar os defeitos que caracterizam a passividade e a agressividade para se tornar mais assertivas e conseguir influenciar os outros e a organização em que trabalham.
O resultado disso tudo é uma maior oportunidade de carreira, pois no trabalho o profissional assertivo tem uma atitude disponível e colaboradora com a equipe, assume as próprias responsabilidades, decisões, ações e também erros.
Viva a autonomia de criar a realidade que deseja viver com tudo e todos ao seu redor.
Eduardo Shinyashiki é presidente da Sociedade Cre Ser Treinamentos, além de palestrante, consultor organizacional, especialista em desenvolvimento das competências de liderança e preparação de equipes.