Compushop lança help desk pró-ativo

0
6

A Compushop, integradora de soluções corporativas em tecnologia da informação, lança o help desk pró-ativo, um serviço capaz de alertar o cliente sobre problemas que ainda não se manifestaram. O novo serviço irá beneficiar os usuários de redes e sistemas corporativos, através da redução de custos com manutenção, operação e solução de falhas de recursos em TI, aumentando a produtividade de 10 a 30% de todo o parque computacional das empresas.
“Nossa tecnologia viabiliza a customização de relatórios e gráficos, específicos por empresa, em ambas as modalidades, que proporcionam o total acompanhamento das ocorrências e a tomada de decisão em tempo real que, por sua vez, causarão mais economia e mais incremento de produtividade”, explica Marcio Perez, diretor da Compushop.
A Compushop está disponibilizando o help desk de forma terceirizada, instalando links redundantes para realizar os serviços remotamente ou nas próprias instalações do cliente. “Estamos amadurecidos num mercado em grande expansão no País”, ressalta Perez. “O mercado de pequenas e médias empresas, para o qual criamos nosso help desk remoto, está desatendido no mercado local. Parques de 50 a 200 computadores em funcionamento não encontravam soluções de alto benefício com o custo adequado”, informa.
O help desk pró-ativo se integra aos produtos já instalados nos clientes e traz recursos de detecção de falhas, prevenção de ocorrências, elaboração de soluções, de planos de contingência e troca de recursos. Também cadastra e gerencia eventos, otimizando o processo de manutenção, ganhando capacidade de prevenção de ocorrência de falhas.
A instalação dos recursos do help desk pró-ativo é escalável e modular. “Os serviços são instalados independentemente e podem funcionar em duas horas”, garante Perez. O modelo de contrato que define as operações é o SLA (Service Level Agreement) que garante o atendimento, a disponibilidade dos recursos gerenciados e determina o sucesso das operações especificando até multas para tanto. A intenção da empresa com o serviço é diminuir o número de chamadas ao help desk, por meio das várias técnicas de prevenção, reduzindo em média a 30% das ocorrências.