Consumer Voice projeta crescimento

0
1



A Consumer Voice iniciou 2011 com projeto de capacitação da sua equipe para ampliar a prestação de serviços aos clientes com maior oferta dos serviços de monitoramento de redes sociais. Essa é uma demanda cada vez maior das empresas e a Consumer Voice criou cargos de analistas de redes sociais, em três diferentes níveis, para agir de acordo com a operação e o tipo de ação a ser desenvolvido em cada empresa.


A expectativa é que a área de monitoramento de redes sociais corresponda a 20% do faturamento nos próximos 3 anos. Para 2011 a expectativa de crescimento esperado é de 10% frente a 30% de crescimento esperado para a Consumer Voice.


Patricia Rozenbojm, diretora comercial da Consumer Voice, explica que a perspectiva é agregar o monitoramento de redes às operações de SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente – abrangendo tanto empresas que acompanham continuamente a presença de sua marca e de seus produtos nas redes sociais, como também disponibilizar um mecanismo rápido de pesquisa para uma ação específica, respaldo de informações confiáveis para outros departamentos ou reforço de uma ação de marketing, por exemplo.


“Essa interatividade, flexibilidade e rapidez só são possíveis, com tecnologia adequada, processos bem estruturados e comprometimento de todos os envolvidos. O segredo é construir uma cultura interna de avaliação e contato com o público. Não basta divulgação e conhecimento dos conceitos é preciso criar postura, facilidade e sintonia com a nova forma de trabalhar”, resume Patrícia.


Nesta nova etapa, a Consumer Voice está preparada para incentivar e operacionalizar ações que ampliem o volume de manifestações por parte dos consumidores, gerando um conhecimento maior do público e de suas necessidades, permitindo interpretações das informações que alavancam resultados significativos seja para avaliação da percepção e satisfação ou para instrumento de lançamento de novos produtos e serviços.