Cresce mercado de comunicação de dados

0
1

O relatório recém-lançado pela IDC Brasil, “Brazil Business Network Services 2004”, mostra que o mercado brasileiro de comunicação de dados movimentou cerca de R$ 6,1 bilhões em 2003, um crescimento de 9,2%, conforme previsto em estudo anterior.
A pesquisa também revelou, que a questão da distribuição do mercado de comunicação de dados ainda é muito restrita e concentrada, apesar de existirem algumas empresas atuando neste segmento, mais de 83% do faturamento são dominados por 4 grandes operadoras (Embratel, Telemar, Telefônica e Brasil Telecom). Os 16% restantes estão divididos entre as SLEs, SCMs e Espelhos, entre as quais algumas encontram-se em situação financeira preocupante.
Ainda segundo o estudo, IP VPN e os serviços vinculados a essa tecnologia apresentarão um crescimento significativo nos próximos anos, cujos principais alavancadores serão, a redução de custos, a maior necessidade de interligação dos escritórios regionais e o acesso remoto.
Segundo João Bustamante, analista sênior de Telecom da IDC Brasil responsável por esta pesquisa, “existem oportunidades para as operadoras de serviços de comunicação de dados no provimento de soluções customizadas, inserindo o serviço de voz dentro das soluções de dados e estabelecendo Frame Relay e IP como principais tecnologias de infra-estrutura”.
Segundo as projeções da IDC Brasil, o mercado de comunicação de dados deverá movimentar cerca de R$ 8,3 bilhões em 2008, representando um crescimento médio de 5,3% ao ano em número de circuitos. Um aspecto importante observado pela IDC Brasil é o pouco valor percebido em produtos que trazem uma mensagem somente de inovação tecnológica, sem visar a redução de custos dos serviços de telecomunicações e o aumento dos níveis de produtividade nas empresas usuárias.