Cresce mercado de VoIP

0
0

A tecnologia de voz sobre IP (VoIP) vem ganhando espaço no mercado brasileiro. Estudos da Frost & Sullivan, empresa de consultoria e inteligência de mercado, confirmam esse crescimento, principalmente em setores como empresas de TV a cabo, detentores de licenças SCM (Serviço de Comunicação Multimídia), novos provedores de serviços e concessionárias de longa distância. Além da expansão da banda larga, essa tendência se deve a preocupação das companhias em buscar soluções que reduzam seus custos operacionais, principalmente com telefonia. Essa previsão também é confirmada pela divisão Siemens Enterprise Networks, que atende a 65% da lista de 500 maiores empresas do País.
Especialistas da companhia informam que há cerca de 5 anos, o mercado brasileiro já conhece a tecnologia de VoIP, mas somente há um ano os projetos de unificação de infra-estrutura, efetivamente, vem se concretizando nos ambientes empresariais. Prova disto é o aumento da comercialização da tecnologia. Na Siemens a soma de todos os projetos que envolvem Telefonia IP , no ano comercial da companhia que vai de outubro de 2003 a março de 2004, já superou o valor de entrada de pedidos dos anos anteriores. A tecnologia vem se tornando bastante popular, conforme amadurece e as empresas descobrem os benefícios.
Segundo um estudo da engenheira Karin Mestriner Lorena, consultora de soluções da Siemens, com a utilização da comunicação via IP, vários benefícios podem ser destacados, como, redução de custos, aumento de produtividade, criação e implantação de aplicações IP. Além disso, este desenvolvimento permite que a comunicação em tempo real se integre de forma consistente aos processos da empresa.
Contudo, o principal ponto vislumbrado por quem adquire VoIP é, ainda, a redução de custos. A tecnologia de interligação de redes pode reduzir entre 15% a 40%, por exemplo, os custos com ligações telefônicas. A fórmula para tanto está no uso racional da capacidade das redes (largura de banda). O grau de economia de uma solução depende do perfil da empresa usuária. Na avaliação da engenheira Karin, a nova tecnologia para transmissão de voz por meio de comutação por pacotes é baseada em tecnologia robusta e soluções já implantadas em empresas de todo porte e estrutura.
Segundo uma pesquisa do Gartner Group cerca de 70% do tráfego de voz nas empresas é feita entre filiais. Por esse motivo a interconexão entre PABXs é a melhor solução para redução de custos, uma vez que possibilita a ligação telefônica gratuita entre os funcionários, de qualquer região, sem cobrança de impulsos. Esta solução é indicada para as empresas com presença em várias localidades, sejam fábricas ou rede de filiais, desde as grandes até os pequenos varejos.
Conforme a distância envolvida entre as localidades da empresa, a solução de interligação pode ser realizada por rádio de microondas (antenas), por cabos de fibra-ótica, ou mesmo ser contratado um serviço de interligação de rede de dados das operadoras de telecomunicações de longa distância que atenderem a região. Com a existência desta facilidade entre as diversas regiões, qualquer chamada telefônica que um funcionário faça para fora da empresa, percorre, primeiramente, uma espécie de “túnel gratuito” até encontrar a saída mais próxima do destino final. O custo da ligação acaba muitas vezes sendo apenas o de uma chamada local, reduzindo as despesas mensais com chamadas de longa distância.