Critérios para atender cliente insatisfeito

0
2

Saber como lidar com o cliente insatisfeito é habilidade valiosa.
Esta pessoa que ligou pode ficar zangada porque se acha frustrada ou
desamparada em suas relações com a empresa. Seus sentimentos acabam por levá-la a fazer a chamada telefônica extravasando toda a sua insatisfação em quem atende.

Como Atender

– Permaneça calmo e seja objetivo

– Admita erros cometidos por você ou pela empresa, se de fato ocorreram. Não argumente com o cliente se não tiver informações
precisas

– Procure não aprovar ou reforçar os sentimentos negativos da pessoa

– Faça o cliente entender que você não vai tirar o corpo fora e passar a bola para frente. Evite ser parte da burocracia
Táticas

– Deixe a pessoa desabafar a raiva no começo da conversa. Não
interrompa. Esse é o tempo necessário para o esfriamento

– Acalme o cliente transmitindo atitude controlada. Nunca diga fique
calmo

– Desarme-o usando empatia (certamente, eu compreendo como o senhor se sente…), mas tenha cuidado para não parecer
condescendente demais

– Verifique quais são os fatos e descubra o que o cliente quer que
você faça. Dê feedback durante o processo

– Diga o que você fará imediatamente após a chamada, por menor que seja o passo que você venha a dar

– Só passe o problema para outra pessoa se você não estiver autorizado ou não dispuser de meios para resolver. Quando você tiver de encaminhar a questão a outro funcionário, não diga ao cliente para entrar em contato com a pessoa, contate-a você mesmo. Faça um acompanhamento para se certificar de que o problema está recebendo o tratamento adequado

– Se a questão não puder ser resolvida durante a ligação, mantenha o
cliente informado dos procedimentos em andamento, até que se obtenha a solução final. É fundamental que a pessoa que ligou saiba que você está trabalhando para a resolução do problema: mantenha-a periodicamente informada sobre os passos que você está dando

Trabalho preparado pela equipe da Public Contact Center

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterioratendente do século XXI
Próximo artigoEu quero falar com o chefe…