Damovo implanta telefonia IP na Universidade de Caxias do Sul

0
1

A Universidade de Caxias do Sul (UCS) fechou contrato com a empresa Global de Serviços, Damovo, para ampliar a capacidade de sua rede de dados e para implantação de um novo sistema de voz sobre IP. Foram instalados quatro pontos IP e cerca de 120 ramais, que interligaram os dois Campi da UCS em Caxias. O sucesso do projeto resultou num elevado nível de satisfação da Universidade que já desenvolve outro projeto junto à Damovo: ampliar a rede de dados para a instalação de outros 30 pontos IP e, pelo menos, mais 200 ramais telefônicos.
A principal necessidade da Universidade de Caxias do Sul, ao implantar o sistema de telefonia IP, era reduzir gastos com chamadas interurbanas e melhorar a qualidade das ligações entre os Campi. E esse resultado foi obtido em seis meses. Com a nova tecnologia, professores, funcionários e alunos foram beneficiados com a redução de mais de 20% nos custos com chamadas interurbanas, o fim do congestionamento das linhas telefônicas e a melhoria na qualidade das ligações.
O prefeito da UCS, José Antônio Turra, ainda enfatiza o lado organizacional do projeto. “A capacidade de transformar as ligações dos outros dois campus (Bento Gonçalves e Vacaria) em ramais de Caxias do Sul nos deu a possibilidade de unificar números de telefones, controlar chamadas e descongestionar as linhas que acabavam engarrafando a central telefônica”, afirma.
Para o engenheiro responsável pelo projeto na Damovo, Pablo Morales de Freitas, o principal desafio enfrentado pela integradora foi definir os mecanismos de QoS (Qualidade de Serviço) necessários para garantir o bom resultado do projeto, especialmente os fundamentais para possibilitar a integração dos novos aplicativos à solução de dados já existente. “Tivemos uma constante preocupação em examinar e aumentar a capacidade da rede, para não saturá-la”, afirma. “A adoção destes mecanismos é fundamental para que o projeto seja bem sucedido, pois o tráfego de voz é muito sensível a atrasos”.