Demitido pela família

0
1


Parabéns, você foi promovido na empresa. Passada a euforia natural do gosto de estar vencendo na vida profissional, a rotina toma conta do dia a dia. E como têm sido esta rotina? Você está trabalhando feito um louco? É normal tomar pé da situação, mas você não está exagerando?

Algumas dicas:

– Não confunda informação com dados – a correlação dos dados de maneira sistêmica fornece informação, enquanto um bando de dados continua sendo um monte de dados.

– Tudo tem que ter seu visto? Cuidado, saiba delegar e lembre-se que se delega autoridade e não responsabilidade.

– Para saber de tudo, você participa de todas as reuniões? Dá prestígio fazer aquela pose de “pessoa importante”, mas você precisa ser mais seletivo. Questione-se: existem reuniões em que você entra mudo e sai calado? Então sua presença não era necessária.

– Sua mesa está repleta de bilhetinhos amarelos autocolantes e você nem sabe por onde começar? Organize-os quanto à gravidade (impacto sobre as pessoas ou operações da empresa) e dê andamento à solução dos mais graves.

– Você só apaga incêndios, pois tudo é urgente? Pense em cada problema: e se não for resolvido, vai piorar? Se não vai piorar não é urgente.

Você chega em casa e as crianças já estão dormindo e sua comida está no microondas para ser esquentada? E nos finais de semana, você tem que ler aqueles relatórios? Xiii, ô cara, para com isto. Tua família vai te demitir!

José Teofilo Neto é diretor da Comunicação Direta – Consultoria & Treinamento. ([email protected])

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriore|ou desenvolve ação para Peugeot
Próximo artigoGerenciamento de risco