Em ritmo de crescimento

0
1



O Sintelmark (Sindicato Paulista das Empresas de Telemarketing, Marketing Direto e Conexos) projeta crescimento de 9% para este ano no faturamento das empresas de callcenter, quando atingirá R$ 5,9 bilhões. Para se ter uma ideia desse desempenho, esta cifra representa mais da metade do faturamento nacional das empresas terceirizadas de call center, cuja previsão para 2010 é atingir R$ 10 bilhões.

 

O sindicato também estima a abertura de mais 90 mil vagas no segmento para o estado de São Paulo até o final de 2010, encerrando o ano com 400 mil profissionais na área. O mercado nacional de call center conta atualmente com 514 mil funcionários e 228 mil posições de atendimento, sendo que, desse número, 310 mil funcionários estão no estado de São Paulo, ocupando 137 mil PAs.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorReter é não reter
Próximo artigoO bê-a-bá do consumidor