“Eu, como cliente, noto que sou bem tratado quando a pessoa descobre o nível social que eu pertenço. Acho que ainda tem que se cobrar muito como se trata o cliente das classes C, D e E”.

0
0