Gestão em um clique. Funciona?

0
18

A aplicação tecnológica aos processos de gestão de pessoas acompanha a tendência de evolução das necessidades do mercado, principalmente no caso das empresas de contact center conhecidas por seus processos seletivos de alta demanda, e que requerem maior agilidade para chegar ao resultado final. Em entrevista exclusiva ao Callcenter.inf.br, Marshal Raffa, diretor executivo da Thomas Case & Associados/Case Consultores, explica que os softwares auxiliam na triagem dos currículos de acordo com o perfil desejado pela empresa, mas não substituem o contato presencial. “Pelo menos a entrevista intermediária e final deve ser feita pessoalmente, não só pela nossa cultura, mas porque na conversa você consegue extrair as melhores informações do candidato”, acrescenta.

Por outro lado, o executivo pondera a respeito dos resultados das triagens feitas pelos sistemas informatizados de recursos humanos. “Não podemos dizer que o processo fica mais assertivo, por alguns motivos. Primeiro, não existe o funcionário perfeito e tão pouco a empresa ideal, às vezes o melhor candidato não é o melhor profissional, além disso, o software serve apenas para filtrar os currículos e facilitar a observação e análise do recrutador”, enfatiza.

De acordo com Raffa, os sistemas cruzam dados dos perfis que a empresa está buscando com as características dos candidatos, fazendo uma análise superficial. Para ele, a informação não é 100% precisa, mas os indícios podem orientar as escolhas dos recrutadores. “Na próxima década, vamos ter mais processos à distância e menos presenciais, porém as companhias terão mais dificuldades para encontrar profissionais mais qualificados e vão precisar de resultados assertivos de seleção”, avalia o diretor.

A automatização das tarefas é inevitável para todos os setores, inclusive o de recursos humanos. “A própria evolução humana tem que acompanhar a expansão tecnológica, mas não podemos esquecer que pessoas gostam de pessoas, e o feedback frente a frente é fundamental”, afirma Raffa.