Handphone projeta crescimento de 150%

0
2



A Handphone, empresa consolidada no mercado de telecomunicações, espera resultados inéditos em 2011, superando os resultados de 2010 com folga. A expectativa é de que o faturamento da empresa cresça 150% em relação ao ano passado, quando a companhia cresceu mais de 70%.
 
Para alcançar este resultado, a Handphone incrementou seu portfólio, focando – principalmente – em produtos próprios, como, por exemplo, o XHand, o sistema concebido e produzido pela própria empresa. Trata-se de uma plataforma multifuncional extremamente completa, com funções de PABX, call center, discador, URA, gravador de todas as chamadas e muito mais.
 
A contratação de Marcelo Martins Silva, ex-executivo da Telefonica, que chegou para assumir a diretoria do centro de telefonia fixa da companhia, também traz um novo gás à equipe de consultores que trabalham na parceria com a gigante espanhola. Campanhas de incentivo internas, treinamentos específicos e uma reestruturação no método de trabalho são apenas alguns dos itens motivacionais adotados pela Handphone neste ano.
 
Para o diretor comercial, Gilberto Arbia, apesar de estar fora da realidade de muitas empresas brasileiras, a projeção é extremamente realista. “A Handphone vive seu melhor momento em 2011. Temos metas ambiciosas, porém, bastante possíveis, que demandarão um empenho especial de todas as nossas equipes. O ano passado foi bom, mas este ano será cinco vezes melhor. Até o meio de 2011, a Handphone deverá estar cinco vezes maior do que é hoje”, explica o executivo. “Foco, profissionalização e resultado. Estas serão as palavras de ordem ao longo deste ano”, completa.