Headsets no ambiente corporativo

0
2



O uso de headsets no ambiente corporativo pode evitar afastamentos de funcionários por dores musculares, na cabeça e pescoço, revela uma pesquisa encomendada pela Plantronics à instituição Anglo-European College of Chiropractic. Passar mais tempo ao telefone no ambiente corporativo combinado ao aumento da intensidade do trabalho ao longo das últimas décadas faz com que muitas empresas enfrentem problemas de afastamentos de funcionários devido ao stress e a doenças relacionadas à própria rotina de trabalho.

 

Ao substituir o telefone comum por um headset, os trabalhadores notaram reduções significativas nas dores que costumavam ter nas costas e ombros, de acordo com o estudo. Em quatro semanas, 54% dos participantes que sentiam dores no pescoço e 44% dos que sentiam dores na cabeça relataram não sentir mais nenhum incomodo. A pesquisa também demonstrou que dos participantes que continuaram sentindo dores, 66% relatou uma redução tanto na intensidade quanto no número de dias que eles sentiram dor após o início do uso do headset.

 

“Ficou claro nesse estudo que pequenas mudanças, como equipar os funcionários com headsets, cria um ambiente de trabalho mais saudável, reduz significativamente doenças e afastamentos”, comenta Norma Pearce, diretora de RH da Plantronics para Europa, Oriente Médio e África. “O estudo demonstra que os trabalhadores que usam headsets relataram uma redução nos sintomas na cabeça, no pescoço e nas costas – normalmente devido ao uso do fone de ouvido com microfone ao invés do telefone preso entre o pescoço e o ombro enquanto realiza outras tarefas durante ligações”, completa Sharon Docherty, PhD e pesquisadora do Anglo-European College of Chiropractic.