O canal para quem respira cliente.

Interactive Intelligence cresce 27% em 2010

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



A Interactive Intelligence, fornecedora de soluções de comunicações unificadas IP, anuncia que faturou, em 2010, US$ 166,3 milhões, um aumento de 27% sobre os US$ 131,4 milhões obtidos em 2009. Em relação à receita obtida no quarto trimestre de 2010, o valor foi de US$ 50,7 milhões – 41% a mais do que os US$ 35,9 milhões conquistados no quarto trimestre de 2009. A partir de agora, esses resultados passam a ser apresentados em três linhas: receitas de produtos; receitas reincidentes, que incluem suporte e nuvens; e receitas de serviços, que abrangem serviços profissionais e treinamento.


“Durante o quarto trimestre, os pedidos tanto de novos clientes quanto dos já existentes foram excelentes, trazendo contribuições significativas da América do Norte, Europa e Austrália”, declara Donald E. Brown, fundador e CEO da Interactive Intelligence. “Particularmente impressionante foi o aumento no número de pedidos no valor de US$ 250.000 ou mais, que saltaram de 19% no quarto trimestre de 2009 para 31% no quarto trimestre de 2010”. Brown informa, ainda, que além do crescimento da receita proveniente de produtos, as receitas reincidentes e de serviços também tiveram um aumento significativo.


“Durante o ano, registramos um aumento de 25% em pedidos de produtos vindos de clientes novos e já existentes e mais de 150% de aumento em nossos pedidos referentes a soluções Interactive Intelligence em ambiente de nuvem”, diz Brown. “Em 2010, nós mais que dobramos o número de pedidos de US$ 1 milhão, que saltaram de nove para 19, e o número de pedidos de mais de US$ 250.000, que passaram de 55 para 90. Planejamos explorar este impulso continuando a nos focar nesse mercado emergente”, declara o CEO.


“Se olharmos para o futuro, podemos antecipar um fluxo saudável de negócios”, declara Brown. “Esperamos que em 2011 as receitas sejam incrementadas pelo próximo lançamento importante de nosso carro-chefe, a suíte de softwares de comunicações IP multifuncional que estará pronta para disponibilidade geral na primeira metade do ano. Também prevemos um crescimento em nossos pedidos de tecnologia baseada em nuvens, com aumentos tanto nas receitas recorrentes quanto nas de serviços. Atualmente, esperamos um aumento das receitas totais para 2011 de pelo menos 20%, superando a marca dos US$200 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima