Interactive Intelligence mantém bons resultados

0
1
A Interactive Intelligence faturou US$ 89,5 milhões no terceiro trimestre de 2014, encerrando em 30 de setembro de 2014. O resultado é 15% a mais do que no terceiro semestre de 2013. As receitas recorrentes, incluindo taxas de assistência de contratos de licença local e taxas dos clientes baseados em nuvem, aumentaram em 28%, para US$ 48,1 milhões e correspondem a 54% do total de receitas. As receitas provenientes dos serviços baseados em nuvem aumentaram 70%, totalizando US$ 14,7 milhões. As receitas dos produtos somaram US$ 27,8 milhões e as receitas provenientes de serviços, US$ 13,6 milhões, em comparação com US$ 26,9 milhões e US$ 13,5 milhões, respectivamente, do mesmo trimestre do ano anterior.
O total de pedidos aumentou 46% desde o terceiro trimestre de 2013, com aumento de 104% dos pedidos de serviços em nuvem, representando 68% do total de pedidos. No terceiro trimestre deste ano, 56 encomendas foram feitas totalizando mais de US$ 250.000, incluindo 12 pedidos de mais de US$ 1 milhão em comparação com 47 encomendas de mais de US$ 250.000, que incluem 12 encomendas de US$ 1 milhão no mesmo trimestre do ano anterior.
“Esse trimestre segue mostrando evidências do nosso sucesso em gerar mais receitas com os serviços baseados em nuvem”, disse Donald E. Brown, fundador e CEO da Interactive Intelligence. “Os pedidos das nossas soluções em nuvem não somente dobraram desde o mesmo trimestre do ano passado, mas passaram de menos da metade para mais de dois terços do nosso total de pedidos recebidos.” Segundo Brown, esse crescimento e a transição para a nuvem ocorreu em todos os principais mercados, e foi mais proeminente entre as vendas com novos clientes, comparado às demais vendas existentes. “Nós continuamos, também, a implementar soluções em nuvem para novos clientes, o que contribuirá para o aumento do faturamento com este tipo de serviço”, concluiu.
Destaques financeiros de 2014 até o dia 30 de setembro
O total de receitas foi de US$ 248,8 milhões, um aumento de 9% em relação aos primeiros nove meses de 2013. As receitas recorrentes aumentaram em 28% para US$ 136,1 milhões e correspondem a 55% do total de receitas. As receitas provenientes dos serviços em nuvens aumentaram em 76%, totalizando US$ 41,6 milhões. As receitas de produtos somaram US$ 72,2 milhões, queda de 13%, e as receitas de serviços foram de US$ 40,5 milhões, 6% a mais em relação aos primeiros nove meses de 2013.