Jesus, o maior executivo que já existiu

0
1


Não é preciso pensar muito para concluir que Jesus foi o principal líder da história. Basta lembrar da quantidade de pessoas que seguem e seguiram seus ensinamentos ao longo de milhares de anos. Em “Jesus, o maior executivo que já existiu”, lançado no Brasil pela Negócio Editora, da Campus/Elsevier, Charles C. Manz oferece ao leitor lições práticas de liderança que podem ser aplicadas por qualquer pessoa, independentemente da religião. Tudo tendo a vida de Cristo como exemplo, claro.

O autor mostra a importância dos ensinamentos de Jesus a partir do ponto de vista organizacional. Ele prova que perdão e compaixão também podem, e devem, ser aplicados no mundo dos negócios. A afirmativa parece impossível de ser incorporada nos dias de hoje, quando o lucro é o principal objetivo de qualquer empresa. Mas ele prova que, atualmente, os executivos e acionistas que investem no bem-estar de clientes e empregados têm conseguido atingir os principais lugares do mercado.

Nas páginas do livro, Manz ensina, por exemplo, a importância do perdão. Os erros devem ser encarados como parte do aprendizado. E afirma que o comprometimento deve ser estimulado, em lugar da ganância. Ele fecha a publicação com um guia recheado de materiais que podem servir de tema para grupos de estudo e discussões dentro de empresas.

Segundo Manz, agir de forma ética é imprescindível para atingir metas pessoais e profissionais. “Os ensinamentos mudaram as vidas de milhares de pessoas no curso da história e continuam nos influenciando até hoje. O encontro com estes representa uma viagem rumo a profundas mudanças”, garante o autor.

Ficha Técnica
Título: Jesus, o maior executivo que já existiu
Autor: Charles C. Manz
Tradução: Marcia Nascentes
Editora: Negócio Editora, da Campus/Elsevier
Páginas: 168
Preço: R$ 35,00