Menos quantidade, mais qualidade

0
13


Como a área de planejamento interage no mercado de televendas?Este foi o principal assunto discutido na segunda palestra do Meeting de Televendas, conferida pelo superintendente de Planejamento de vendas PME da Boa Vista Serviços, Christiano Lombardi. Para o executivo é essencial saber articular a inteligência em todas as frentes de atuação, “É importante destacar que utiliza-se o televendas no momento de aquisição, mas para nós o principal é a rentabilização”, afirma.

Lombardi iniciou a palestra com um apanhado cronológico sobre o mercado de televendas. Da década de 80 aos anos 2000, surgiu a questão: “Visto a banalização do mercado de televendas atualmente, como este fica daqui pra frente?”, indagou o executivo. Talvez a resposta esteja em utilizar todos canais do setor de uma maneira distinta, sem massificá-los somente com o objetivo de adquirir novos clientes.

Canal online, televendas ativo, televendas receptivo, canal de representantes – são quatro os canais, que, segundo Lombardi, devem sempre se complementar. A integração destes é o que confere a área de planejamento ser estratégica, em que prevalece a visão de cliente e não de produto.

Christiano finalizou a palestra evidenciando que no momento em que o mercado de televendas se encontra, mais importante do que um grande montante de envio de leads, este deve ser em menor número, porém melhor aproveitado. Mais importante do que aumentar o número de PA´s, é melhorar a desempenho destas. Os novos tempos pedem investimento – na qualidade.