Nice integra oferta de gamification

0
2
Muitas organizações estão investindo na adoção de práticas de jogos, o gamification, para impulsionar o desempenho dos funcionários e o envolvimento dos clientes. O Gartner prevê que até 2015, mais de 50% das organizações que gerenciam processos de inovação vão começar a adotar essas práticas. De olho nisso, a Nice Systems e a Bunchball fecharam parceria para oferta conjunta de soluções. A solução busca incentivar a excelência dos operadores, bem como dos funcionários de back-office, motivar níveis mais elevados de atendimento e estimular um comportamento que leva a obtenção de resultados positivos.
“Estamos muito animados pela parceria com a Bunchball, pois eles têm uma visão inovadora com relação à adoção de gamification na força de trabalho e estão definindo o padrão neste mercado. Nossos clientes sabem que o engajamento dos funcionários é a base para oferecer um melhor desempenho junto ao cliente, aumentando as vendas e alcançando os objetivos de negócio. Nas empresas sociais de hoje, a adoção de práticas de jogos (gamification) oferece uma nova maneira de capacitar a força de trabalho a alcançar os resultados esperados”, disse Mark Selcow, gerente geral de soluções de Workforce Optimization da Nice.
As soluções de Performance Management e o Incentive Compensation Management da Nice serão as primeiras soluções de otimização da força de trabalho (WFO) a incorporar a mecânica de jogos, que, por sua vez, será alimentada pela plataforma de gamification Niltro, da Bunchball. Usando as soluções combinadas, os clientes podem criar experiências como as de jogos que apresentam competições individuais e em equipe, testes de conhecimento, além de pontos e medalhas para quem atingir as metas. Também é possível lançar programas de reconhecimento dinâmico, recompensas e retenção que motivam a colaboração e o compartilhamento das melhores práticas.
“A adoção de práticas de jogos e a otimização da força de trabalho são uma combinação impactante para as empresas que procuram melhorar a produtividade dos funcionários e gerar resultados”, disse Ken Jones, vice-presidente de estratégia e desenvolvimento de negócios da Bunchball. “As soluções combinadas ajudarão a cultivar funcionários mais engajados, que poderão se envolver mais rápido, mostrar melhor desempenho e permanecer na empresa por mais tempo.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorA cabeça do CEO
Próximo artigoQue tal uma discussão do bem?