Nortel fará demonstrações de mobilidade na CTIA Wireless 2004

0
1

A Nortel Networks terá presença destacada na CTIA Wireless 2004, que será realizada de 22 a 24 de março no Georgia World Congress Center, em Atlanta, com seu estande no Hall B. Neste ano, o foco da Nortel Networks está direcionado para a estratégia Business Without Boundaries para transformar múltiplas redes de comunicação em uma única redemultifuncional.
Os executivos da Nortel Networks vão discutir os benefícios oferecidos por uma rede transformada que fornecerá serviços multimídia, mobilidade, personalização e serviços de segurança, valorizados por usuários finais e considerados rentáveis por operadoras.”No Congresso Mundial 3GSM, realizado em Cannes, no mês passado, proclamamos 2004 como o ano em que a 3G se concretizará e comprovamos isso com a construção e o lançamento de uma rede UMTS junto com a Orange, no prazo de apenas cinco meses”, disse Pascal Debon, presidente de Redes Wireless da Nortel Networks.
“No CTIA, vamos virar mais uma página desta história e acompanhar o impulso que a tecnologia CDMA2000 1xEV-DO adquiriu no mundo”, explicou Debon. “Nosso foco no cliente e nossos investimentos direcionados para a tecnologia wireless por banda larga e para a tecnologia IP (Protocolo de Internet) já estão se pagando. Segundo nossas previsões, o mercado de infra-estrutura wireless deverá crescer ligeiramente em 2004 em comparação com 2003. Estou certo de que nossa receita com produtos wireless crescerá mais rapidamente do que o mercado.”
Representantes do Laboratório de Mídia do Massachusetts Institute of Technology (MIT), com quem a Nortel Networks está desenvolvendo a tecnologia de WLAN Mesh Network, participarão das demonstrações no estande da Nortel Networks, dando aos visitantes a oportunidade de visualizar como a tecnologia wireless vai impactar os comportamentos pessoais, sociais e de trabalho. Estas demonstrações vão incluir redes de acesso expansíveis, que se ajustam por si mesmas, concretizadas através do uso de rádio colaborativo e dispositivos socialmente inteligentes em raciocínio interno e na maneira como interagem com pessoas.