O canal para quem respira cliente.

O cuidado com os headsets

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Ciente das necessidades dos clientes do segmento de call center, a Felitron, fabricante de headsets, realiza um trabalho de auxílio para enquadramento as exigências da NR 17, norma do Ministério do Trabalho que regulamenta as condições de trabalho da categoria, e a outras instruções normativas para uso profissional de equipamentos de telecomunicações. Além do Centro de Desenvolvimento, a Felitron disponibiliza testes que avaliam no próprio call center, o nível de exposição dos operadores a ruídos.

 

Segundo Leonardo Fioretti, diretor de marketing e comercial da Felitron, a empresa está conseguindo desmistificar esse assunto dentro dos call centers. “Esse assunto sempre foi muito complexo para o entendimento dos profissionais da área e hoje estamos conseguindo mostrar a importância do uso de headsets que seguem as normas nacionais regidas pela Anatel e o Ministério do Trabalho, além das instruções de órgãos internacionais”, conta.

 

Ainda segundo Leonardo Fioretti, o headset é um equipamento profissional. “Fornecer um headset para uso intensivo em um call center não é mesma coisa que vender um telefone convencional para uso doméstico ou até mesmo para um profissional de uma área administrativa, que utiliza o telefone por algumas horas durante o dia. Estamos falando de um operador, que utiliza o headset durante seis horas ou mais e que necessita de conforto, qualidade acústica e principalmente a segurança de utilizar um equipamento que não trará danos à sua saúde auditiva”, completa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima