O mercado, feito de tecnologia e pessoas

0
2



Hoje, os consumidores buscam soluções cada vez mais completas e rápidas. “O cliente quer a solução do problema o mais rápido possível. E para resolver o problema, é preciso investir em processos inovadores, tecnologia e na carreira das pessoas”, garante Giulio Salomone, CEO da Almaviva e presidente da Almawave do Brasil.

 

É preciso profissionalizar e especializar os serviços, defende o executivo, lembrando que o Brasil tem grande potencial para crescer, no que diz respeito à tecnologia e pessoas. Por isso, a tendência de regularizar as atividades terceirizadas. Numa busca pela valorização do profissional protagonista do setor de relacionamento com o consumidor, a Almaviva foca no conceito de quatro ‘Cs’: capacitação, carreira, clima e confiança. Para o futuro, Salomone prevê “um mundo mais real, mais tecnológico e mais humano”, funcionando, por exemplo, com a telepresença.