Objetivos e metas não são sinônimos

0
0



Todos têm algum objetivo de vida, seja no âmbito profissional, pessoal ou social. Ganhar uma promoção, viajar para o exterior, comprar uma casa, ter filhos, montar uma empresa. Esses são apenas alguns exemplos, mas independente do objetivo, é preciso estabelecer metas para alcançá-los. Ao contrário do que parece, objetivos e metas não são sinônimos.

 

Objetivo é o que se pretende buscar, meta é o que se deve fazer para atingir o alvo. Por exemplo, para comprar um carro é preciso economizar certa porcentagem do seu salário durante um prazo estipulado. Para ajudar a traçar metas e atingir objetivos, a master coach senior Janaína Manfredini dá algumas dicas:

 

– Defina seu propósito: o que te motiva é o seu propósito, então tenha bem claro em mente o que você deseja conquistar e não se deixe levar pelo que outras pessoas esperam de você.

 

– Acredite em você mesmo e nas suas capacidades: agindo dessa forma, você transmite vibrações positivas e as pessoas ao redor passam a te reconhecer na mesma medida em que você se reconhece. Se você não acreditar, as outras pessoas também não vão.

 

– Invista nos meios certos: o sucesso da sua empreitada depende de muito esforço e dedicação. Se você quer participar de uma maratona, é preciso treinar todo dia, mesmo que por pouco tempo.

 

– Trabalhe aquilo que você precisa melhorar: se você quer passar no vestibular ou num concurso, mas tem preguiça de estudar, a probabilidade do seu nome não aparecer na lista dos aprovados é grande. É preciso melhorar os pontos que temos a desejar e utilizá-los a favor do objetivo.

 

– Divida seu tempo: por maior que seja sua vontade de alcançar seu objetivo, não deixe de lado outros aspectos da sua vida. Não é saudável trabalhar 20 horas por dia para conseguir uma promoção e, depois de consegui-la, não ter força para comemorar ou não ter com quem dividi-la. Reserve um tempo para cuidar de você, da sua saúde, do seu espírito e do seu coração.

 

– Não culpe os outros pelos seus erros: os fracassos são uma oportunidade para refletir, repensar e replanejar. Pergunte-se o que você vai fazer com isso e defina seu plano de recuperação.