Os desafios da adaptação

0
0
A maioria dos executivos (95%) que fizeram processo de movimentação ou transição de carreira e estão trabalhando numa nova organização entre três meses a um ano, considerara esse período entre médio e altamente desafiante. E para 66% o maior desafio é entender a cultura da organização. Os resultados fazem parte da pesquisa realizada pelas consultorias Lee Hecht Harrison e Plongê, especializadas em desenvolvimento de líderes e estratégia de pessoas, respectivamente, com mais de 120 profissionais brasileiros (gerentes, diretores e presidentes).
Em segundo lugar com 50% ficou o desafio de compreender o processo de tomada de decisão e nível de autonomia, principalmente no que diz respeito às relações de poder no topo da organização. Empatadas com 42% foram listados outros três desafios: o domínio do negócio e do mercado, e o alinhamento do próprio estilo de liderança ao que é valorizado na organização e o relacionamento com membros da equipe, clientes, entre outros.
Um dado positivo é que 76% dos respondentes relataram terem recebido apoio do superior imediato dentro ou acima do esperado. Isso porque que as organizações estão mais conscientes sobre o impacto e custos de contratações equivocadas bem como mais cuidadosas com o executivo em sua fase inicial de integração. “Esses dados nos mostram a importância do líder estabelecer uma política clara e uma comunicação eficiente dos processos da empresa bem como do papel de cada membro da equipe no onboarding de um novo colega”, explica José Augusto Figueiredo, presidente no Brasil e vice-presidente na América Latina da consultoria LHH.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFico tem novo CIO
Próximo artigoCheques sem fundos registra recorde