Padrão de qualidade

0
10



Os investimentos em capacitação e qualidade operacional realizados ao longo de 2008 pela Asyst Sudamérica, especializada em gestão e operação de TI, fizeram com que a empresa fechasse o ano com 40% dos projetos de service desk certificados com a chancela ISO 9001/2000. O padrão visa estabelecer critérios para um adequado gerenciamento do negócio, tendo como foco principal a satisfação do cliente.

 

Além da ISO 9001/2000, três novos projetos de service desk gerenciados pela empresa estão em processo de obtenção da norma 20.000, considerada a primeira focada em gerenciamento de serviços de TI, que substituiu a britânica BS 15.000. Ao todo, 13% das empresas atendidas pela Asyst Sudamérica já contam com essa certificação.

 

“Temos percebido um movimento no universo corporativo para que a ISO 20.000 se torne, efetivamente, uma realidade. Várias companhias no mundo demonstram interesse e muitas consultorias têm se credenciado para a preparação da certificação. Essa norma indica que a companhia atua de forma planejada, com definições e processos claros, o que assegura um desempenho equilibrado e estável”, explica Jorge A. Perlas, diretor de processos da Asyst Sudamérica.

 

Segundo o executivo, para 2009 a meta da companhia é chegar ao final do ano com 30 certificados ISO 9.001 e 10 ISO 20.000, registrando um incremento de 45% em relação a 2008.