Parks lança plataforma POL

0
0
A Parks lançou a POL Parks, oferta Passive Optical LAN desenvolvida com tecnologia 100% nacional. A plataforma substitui as redes LAN convencionais baseadas em cabos de cobre por fibra óptica, permitindo unificar serviços de voz, dados e vídeo em uma única estrutura de alta disponibilidade com economia de até 50% de energia, além de garantir alcance de sinal a longas distâncias com redução da quantidade de equipamentos de distribuição da rede. “A rede POL é ideal para call centers, já que sua alta disponibilidade, capacidade de acesso à longa distância e flexibilidade de gestão atendem à demanda de alta produtividade requerida por este setor”, comenta Cleber Horn, gerente do canal POL da Parks.
A solução busca atender à demanda de rápida e constante expansão física do setor de call center, já que para expandir a rede não é necessário mexer no cabeamento. Enquanto uma rede LAN de cabeamento metálico tradicional tem limitação de capacidade limitada e transmissão e de distância, não ultrapassando 100 metros por ponto de acesso, a POL suporta distâncias de até 20 km com apenas um equipamento OLT (switch). Ou seja: com apenas um equipamento de fonte da rede, é possível expandir o acesso à Internet por até 20 mil metros, em até 1024 pontos de rede, sem precisar investir em novos ativos de distribuição de rede. Além disso, a fibra óptica evita que o sinal sofra com interferências eletromagnéticas e com a falta de pontos de alimentação elétrica ao longo do caminho, reduzindo o risco de queda de sinal e ruídos.
Por exemplo: um call center que atue com 200 Posições de Atendimento em uma sala e precise anexar outra sala para ampliar o número de PAs poderá garantir a  expansão da rede no novo espaço apenas adicionando uma nova ONU, unidade ativa da rede POL responsável por converter a fibra óptica em portas de rede convencionais (ethernet), com capacidade de ativação de até quatro máquinas por unidade. O tamanho da ONU equivale a um pequeno roteador domestico.
Os equipamentos da POL Parks permitem ainda a ligação de terminais de telefonia IP sem a necessidade de qualquer outro dispositivo acoplado. E, caso o terminal precise ser mudado de lugar, um operador de suporte pode fazer a mudança apenas alterando o número para o novo local por meio de um software. Aliás, toda a gestão da rede POL Parks é baseada em software. A partir de um painel de controle virtual, a TI das empresas pode gerir todos os ativos da rede, fazer balanceamentos, gerenciar prioridade de banda, alterações e correções, entre outros recursos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDecisão na balança…
Próximo artigoMovimento do comércio em queda