Pesquisa indica prazo ideal para resposta de e-mail

0
1

Em maio, a Boucinhas & Campos quis saber dos empresários qual o prazo aceitável para que uma questão enviada por e-mail a um site de serviços, informações e comércio eletrônico, entre outros, seja respondida. Para 39% dos empresários ouvidos pela pesquisa, receber a resposta de um e-mail no dia seguinte é aceitável. Outros 28% são mais exigentes e querem a resposta no mesmo dia. Um grupo de 17% é mais exigente ainda: a resposta tem de sair em até 6 horas. Na outra ponta, 13% consideram aceitável uma demora de até dois dias e 1% aceita um prazo maior.

O usuário de Internet normalmente tem como expectativa uma resposta em um prazo máximo de vinte e quatro horas. Respostas em menos de seis horas são consideradas até surpreendentes e em um prazo maior que vinte e quatro horas já é considerado ineficiente, salienta Fábio Boucinhas, consultor da Internet Business Boucinhas & Campos.

Para Raul Hara, gerente da Internet Business Boucinhas & Campos, a Internet possibilita a interação on-line com clientes e fornecedores, vinte e quatro horas por dia, e, em princípio, existe a real expectativa de que a resposta também seja a mais rápida possível. Se hoje um usuário de Internet desiste de entrar num site pela demora em seu carregamento, o que leva alguns segundos, o diferencial de um dia pode ser decisivo num processo de compra. Afinal, se o usuário utilizou a rede para procurar algo é porque realmente espera rapidez, salienta Raul Hara.

A pergunta é parte da Pesquisa de Clima Empresarial realizada mensalmente pela Boucinhas & Campos. Foram ouvidos 272 empresários de todo o país, sendo 80% da indústria, 9% do comércio e 11% do setor de serviços.

A Boucinhas & Campos está dividida em auditoria, consultoria gerencial, e-government, e-consulting, viabilização de empreendimentos, e gerenciamento de saúde e informação.