Proceda quer aumentar faturamento em help desk

0
1


A Proceda, empresa especializada em prover serviços de tecnologia da informação, pretende aumentar o faturamento de sua área de help desk. Para isto, o setor recebe investimento de R$700 mil em atualizações tecnológicas. Hoje, o help desk da Proceda atende 17.500 usuários diretos de serviços de e-commerce, e de outsourcing de ambientes cliente-servidor e mainframe. “O investimento na área e a oferta de um serviço específico de help desk já trazem resultados”, conta Michel Levy, gerente da Line Business na Proceda.

Assim que é fechado um contrato de serviço de help desk, a Proceda faz um levantamento dos principais problemas do cliente. Passa-se então a elaborar um trabalho preventivo, diminuindo o número de chamadas. O atendimento é dividido em três níveis, de acordo com o grau de dificuldade para a solução do problema. Já a logística é controlada por um sistema que monitora cada solicitação. O help desk Proceda apóia-se em sistema inteligente, que compara cada solicitação com os milhares de problemas atendidos e solucionados. Os analistas recebem ainda uma hora de treinamento por dia, com atualizações em ferramentas e novos sistemas de clientes, entre outros assuntos.