Qualidade. A consolidação de uma atividade

0
1

Em 2003, nasceu uma empresa que virou sinônimo de gestão de qualidade no mercado brasileiro, com 10 posições de atendimento fruto de uma oportunidade comercial para atender uma multinacional. E foi nas mãos do jovem empreendedor José Eduardo Abucham D´Amico, que desviou o foco de uma software house para criar a TSA, que hoje conta com 1500 PAs, agora oficialmente desmembrada entre a TSA, especialista em gestão de qualidade, e a Parla!, com operações de contact center. 
Ao longo do caminho muitas oportunidades apareceram e desenvolveram a TSA. Em 2005, um desafio incentivou a criação do primeiro projeto de monitoria terceirizada. Foi a plataforma on-line e estruturada com profissionais especializados em qualidade, que centralizavam e disponibilizavam um novo cenário de análises, avaliações e resultados. “Com a plataforma pronta em 2006, a empresa começou o serviço de monitoria de forma pioneira e profissionalizou uma atividade”, comenta D´Amico. 
A própria divisão da empresa em 2010, foi estratégica. “Embora a TSA nunca tenha abandonado as operações de contact center, acabou sendo reconhecida pela gestão de qualidade, reforçando o pioneirismo”, afirma o fundador. De acordo com D´Amico, a separação já seguia o caminho da consolidação, uma vez que operava em sites diferentes. Só faltava separar as marcas. 
Conheça mais sobre a TSA neste material profissional exclusivo: 
Caderno especial: 

O que apareceu como uma oportunidade acabou de se transformar na consolidação de uma atividade 
Vídeo: 

As estratégias que garantiram à TSA um crescimento de 600% em dois anos
Reportagens: 

Empresa agregou às atividades já desenvolvidas na US Robotics o fullfilment de trocas dos modens
Empresa recebe troféu como revelação no segmento de contact center
Empresa chega a 700 PAs e 1500 colaboradores com a nova unidade