Qualidade na entrega do serviço

0
2



O conceito é básico, mas nem sempre é colocado em prática: conhecer o cliente para ofertar o que ele precisa. Porém, com o amadurecimento do mercado, essa visão será cada vez mais exigida. Para Marco Rossi, diretor comercial da Alert Brasil, as empresas de contact center devem entender cada vez mais as regras dos negócios dos clientes para trabalhar a questão da exclusividade. “É necessário ser cada vez mais específico em cada projeto para transformá-lo em uma operação customizada que assimila a cadeia de valor indo de encontro com as expectativas do cliente”, reforça o executivo, em entrevista exclusiva ao portal Callcenter.inf.br.

 

No caso da Alert Brasil, Rossi conta que, com a conquista de clientes em 2012, a empresa irá trabalhar esse ano nesses novos projetos para ter um crescimento sustentável, e posteriormente conquistar novos projetos. “Pretendemos crescer de 10 a 12%, mesmo porque conquistamos grandes clientes no ano passado e agora nossa meta é estabilizar essas contas. Queremos que nossos clientes cresçam de maneira sustentável e rentável”, explica.

 

Callcenter.inf.br – Quais devem ser as tendências em 2013?

Rossi: As empresas devem entender cada vez mais as regras dos negócios de seus clientes. O conceito é de exclusividade. Ser cada vez mais específico em cada projeto para transformá-lo em uma operação customizada que assimila a cadeia de valor indo de encontro com as expectativas do cliente. Além de projetos customizados, outra tendência forte é o investimento crescente em tecnologias diferenciadas.

 

Qual deve ser o grande desafio das empresas?

Um dos desafios é agregar valor às suas soluções e, assim, oferecer segurança aos clientes. Também temos como desafio conseguir absorver os impactos do mercado sem perder qualidade no fornecimento da operação. Isso exige que os colaboradores estejam motivados para, por exemplo, diminuir as taxa de turnover e absenteísmo.

 

Quais são os planos da Alert Brasil para 2013?

Com a conquista de grandes clientes em 2012, estamos trabalhando fortemente nesses novos projetos para ter um crescimento sustentável, e posteriormente conquistar novos projetos oferecendo segurança e o know-how da Alert Brasil. Resumidamente os planos da empresa são: crescimento, gestão junto aos clientes de base e expansão para outras praças, mas isso ainda são possibilidades que deverão ser discutidas ao logo deste ano.

 

Qual a meta de crescimento?

Nós pretendemos crescer de 10 a 12%, mesmo porque conquistamos grandes clientes no ano que passou e agora nossa meta está em estabilizar essas contas. Queremos que nossos clientes internos cresçam de maneira sustentável e rentável, para isso, iremos realizar investimento em pessoas, tecnologia, processos e infraestrutura. Já em relação a novos clientes o crescimento será mais planejado para poder oferecer mais qualidades nos serviços.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDe mãos dadas
Próximo artigoE-commerce: cada vez maior