Randstad muda o comando no Brasil

0
3
O Grupo Randstad, organização da área de recursos humanos, nomeou Jorge Vazquez como presidente no Brasil. Há três anos presente no País, a empresa passa a contar com a liderança do executivo de origem portuguesa, que chega com o objetivo de priorizar as linhas de negócios, as quais concentram contratos de recrutamento e seleção junto aos clientes, fortalecendo a participação em segmentos específicos, como Engenharia/Suply Chain, Marketing, Vendas, Tecnologia da Informação, Finanças, Saúde e Contact Center, entre outros.
À frente da operação brasileira, Vazquez também tem como foco ampliar ainda mais a capilaridade da companhia no Brasil, que já conta 25 filiais em 12 estados. Ele assume a presidência da empresa no Brasil após aproximadamente três anos da implantação da marca Randstad localmente, período em que a companhia contou com a liderança de Mario Costa, que presidiu ao mesmo tempo a operação em Portugal. “Passamos por um processo amplo, que incluiu a estruturação inicial das áreas da empresa no Brasil até a etapa de maturidade, à qual estamos entrando neste momento”, explica o novo presidente.
Vazquez foi escolhido pelo Grupo para o cargo em virtude da visão estratégica, que será fundamental para a nova fase da empresa. O presidente da Randstad no País detém ampla experiência em companhias voltadas à vertical de Serviços, como a TNT Postal Group, onde atuou como gerente global de produtos; e ainda na Spring Global Mail, na função de gerente de desenvolvimento de negócios. Em 2011, assumiu o posto de diretor de controle da Randstad na matriz da companhia, em Amsterdã. “Minha chegada também está ligada a um alinhamento mais profundo junto à estrutura da holding, na Holanda, que visa o compartilhamento das mesmas metas, apontando para uma estratégia de crescimento seletivo e uma resposta cada vez mais adequada às necessidades dos nossos candidatos e dos nossos clientes”, afirma.