SAC especializado

0
2



Para cumprir as determinações legais e oferecer atendimento aos clientes, empresas como Cometa, Rápido Ribeirão, Catarinense e Expresso do Sul optaram pela contratação da Alert Brasil, empresa especializada em outsourcing de call center para o segmento de transporte rodoviário de passageiros. “Cerca de 30% do faturamento da Alert vem da prestação de serviços a empresas de transporte rodoviário”, informa Hugo Moises, gerente comercial da Alert.

 

O executivo destaca que o  trabalho com corporações deste setor requer estrutura adequada, pois é grande o volume de ligações: a Alert recebe mais de 300 mil ligações para as viações por mês, sendo que dessas, cerca de 35 mil são de SAC e o restante são televendas (vendas de passagens pelo telefone).

 

Regras – A Agência Nacional de Transporte Terreste (ANTT) apresentou mudanças nas regras para o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) das empresas de ônibus com linhas interestaduais e internacionais. De acordo com a Resolução 3.535, fixada no início de junho, todas as organizações do segmento devem disponibilizar este serviço. O documento prevê ainda a gratuidade também para ligações feitas de telefones celulares, públicos e para deficientes auditivos, e não só de fixos, como antigamente.

 

A nova medida tem as regras somadas ao Decreto 6.523, popularmente conhecido como a Lei de SAC, que entrou em vigor em dezembro de 2008 e gerou multas para empresas desse setor. As duas últimas foram multadas em R$ 733 mil e R$ 1,585 milhão, respectivamente, por não manterem uma central de atendimento gratuita e a Unesul em R$ 765 mil por não divulgar a existência do SAC aos clientes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVisão de mercado
Próximo artigoRelacionamento nas redes sociais