O canal para quem respira cliente.

Sercomtel assume controle da Ask!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



A Sercomtel assumiu o controle acionário da Ask! Companhia Nacional de Call Center. A decisão foi aprovada ontem durante assembléia de acionistas. A medida faz parte do plano de reestruturação da Sercomtel e está regularizando uma situação, já que a Sercomtel já possuía a maioria das ações integralizadas da empresa, mas ainda não detinha a maioria das ações subscritas.


O presidente da Sercomtel, Fernando Kireeff, explica que a operadora já havia integralizado todo o capital subscrito em ações ordinárias – que dão direito a voto – e em ações preferenciais – sem direito a voto -, enquanto o sócio Atende Bem aportou apenas uma pequena parcela do capital que subscreveu e está com seus direitos suspensos na Justiça.


No ano passado, a Sercomtel realizou uma série de medidas que culminou na estabilização da operação da Ask!, como a redução de despesas, concentração das operações em Londrina -com o fechamento do site de São Leopoldo (RS) -, e reestruturação interna.


Um estudo interno avaliou a viabilidade da Ask! em longo prazo e chegou à conclusão, do ponto de vista estratégico e econômico-financeiro, que seria vantajoso manter a Ask! aberta e operando, apesar dos prejuízos acumulados em outros anos.


Desde a sua criação, em 1999, a Ask! acumulou prejuízos na ordem de R$ 23 milhões, o que inviabiliza a atração de um novo sócio. Por outro lado, a Sercomtel é a maior credora da Ask! – a operadora já aportou R$ 11, 7 milhões em empréstimos para a companhia nos últimos anos. Fechando a Ask!, a Sercomtel não teria chance de recuperar seus créditos e teria de assumir de imediato todas as dívidas da companhia.


Kireef explica que a Sercomtel vai transformar a dívida da Ask! para com a operadora (R$ 11, 7 milhões) em capital, revertendo esse capital em ações. Assim, a Sercomtel passará a ser a controladora de fato e de direito da companhia de call center.


Com a Sercomtel assumindo o controle acionário da Ask!, a companhia de call center será uma empresa privada, controlada por uma empresa de economia mista, e passará a ser administrada pelo regime público. Com isso, as compras serão efetuadas por meio de licitação e a contratação de funcionários, por concurso público. Isto não implicará em qualquer tipo de estabilidade ao seu quadro de funcionários. Os atuais funcionários da companhia (449) serão mantidos em seus postos de trabalho e a Sercomtel irá em breve abrir um concurso público para suprir eventuais vagas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima