Setor comemora Dia do Operador

0
2


O dia 4 de julho será comemorado por 630 mil trabalhadores brasileiros, contingente que trabalha no setor de callcenter. Trata-se do Dia do Operador de Telemarketing, profissão que está entre as maiores geradoras de emprego do país atualmente. Do total de funcionários do segmento, 45% são pessoas em seu primeiro emprego (em especial jovens entre 18 e 25 anos) e mais de 70% são mulheres, segundo a Associação Brasileira de Telesserviços (ABT). A entidade estima que mais 45 mil empregos sejam gerados até o final do ano.

Recentemente, o Programa de Estudos Pós-Graduados da PUC-SP realizou uma pesquisa sobre o setor, que avaliou, entre outras coisas, o grau de profissionalização entre os funcionários do setor. A grande maioria dos atendentes (74%) possui segundo grau completo, além de 22% com nível superior.

Quanto a treinamento, a pesquisa da PUC-SP apurou que a capacitação inicial de um funcionário brasileiro de callcenter é de 4,4 semanas, mas a proficiência do funcionário leva em torno de 19 semanas. Esse índice é maior do que o norte-americano (com duas semanas de treinamento anual) e do que o francês (1,5 semana de treinamento), por exemplo.

Em média, o tempo de permanência de um operador no callcenter é de 2,4 anos e cada um faz ou recebe cerca de 74 chamadas por dia. “Durante esse período, o jovem que entrou sem experiência ganha habilidade no trato com o consumidor, aprende a lidar com tecnologia e a trabalhar em equipe. Prepara-se, assim, para seu segundo emprego ou para crescer dentro do setor”, diz Topázio Silveira Neto, presidente da ABT.