Siemens vai interligar a rede IP da Indústria Alimentícia Pif Paf

0
0

A Siemens conseguiu unir, em um único projeto, a CTBC e a Telemar para atender a demanda da Indústria Alimentícia Pif Paf, que precisava interligar nove unidades, sendo sete em Minas Gerais e mais duas localizadas em São Paulo e no Rio de Janeiro. A Indústria Pif Paf produz alimentos nas áreas de suinocultura e avicultura, e tem grande presença no mercado mineiro, onde concorre fortemente com fornecedores tradicionais. “Em uma primeira fase, a Siemens foi procurada pelas operadoras separadamente para a elaboração do projeto. Posteriormente, decidiu-se pela formação do consórcio para a oferta de alta tecnologia e atendimento diferenciado”, conta Leonardo Marques de Oliveira, engenheiro de sistemas da filial mineira da empresa, em Belo Horizonte.

Nesse consórcio, as operadoras oferecem a infra-estrutura de rede de comunicação, atendendo cada uma das unidades nas respectivas áreas de abrangência, ou seja, a CTBC é responsável por duas delas e a Telemar pelas outras sete, liderando o projeto com maior participação. Coube à Siemens o fornecimento das plataformas de comunicação, modelos HiPath 3750 e 3550, interligadas por canal IP, utilizando a nuvem frame relay das concessionárias.

A rede alimentícia não revela o valor do contrato que tem a duração de cinco anos. A Pif Paf optou pela locação dos equipamentos da Siemens, que é responsável pela manutenção e atualização tecnológica dos servidores de comunicação, instalados em São Paulo, Rio de Janeiro, Visconde do Rio Branco, Viçosa, Patrocínio, Contagem, Parada de Minas e Belo Horizonte. Com esse investimento, a Pif Paf obteve, dentre outros benefícios, redução de custos com telefonia, aumento de receita e da margem operacional, otimização de bens e ativos, mobilidade, diminuição do tempo de manutenção e compartilhamento das informações.