Tecnologia na gestão de pessoas

0
4



Autor: Evandro Mees dos Santos

 

Num mercado competitivo como o que vivemos atualmente, a disputa pelos profissionais que fazem a diferença está cada vez mais acirrada entre as empresas. Isso tem desafiado os departamentos de Recursos Humanos e seus gestores a desenvolver formas criativas para atrair e reter talentos. Nesse contexto, a tecnologia tem se tornado uma importante aliada nos processos de identificação desses profissionais, como por exemplo, buscar os melhores talentos para a organização, automatizar processos de negócios, gerir competências e desempenho, desenvolver talentos, comunicar e interagir com líderes e colaboradores e dispor informações para a tomada de decisões.

 

A tecnologia também contribui para que a gestão de pessoas deixe de ser uma responsabilidade exclusiva do departamento de RH e entre no dia a dia dos gestores e líderes. Realizar consultas, propostas e debates sobre salários, promoções, benefícios, treinamentos, carreira e recrutamento está cada vez mais acessível, gerando mais independência e agilidade para as tomadas de decisão.

 

Os colaboradores deixam de ir ao RH para tirar dúvidas e passam a ter mais autonomia e a fazer uso de portais corporativos e quiosques, onde as políticas, normas e procedimentos estão publicados e passam a dar mais transparência na relação com todos os níveis das organizações. Ele pode atualizar seus dados cadastrais, conferir seu saldo de horas, consultar sua folha de pagamento, imprimir um comprovante de trabalho ou o informe de rendimentos, solicitar a alteração de um benefício, inscrever-se num treinamento, fazer sua autoavaliação de desempenho, checar sua posição na carreira e o que precisa fazer para ascender novas posições, dentre outros. As interfaces estão cada vez mais intuitivas, facilitando o uso por pessoas sem muita intimidade com as interfaces da informática.

 

No âmbito do RH, a tecnologia possibilita que o departamento se torne cada vez mais produtivo e consiga gerenciar processos mais complexos do que há 30 anos. Rotinas operacionais, relatórios legais e integração com outros sistemas deixaram de ser as grandes preocupações da área, já que o desafio atual é gerar e analisar informações, permitindo a proposta de ações e o acompanhamento da implementação com rapidez e confiabilidade, além de ser um importante parceiro dos negócios para vencer os desafios de todos os setores da empresa.

 

Outra tendência importante que se pode verificar é o uso das redes sociais na gestão de pessoas, como blogs para obter opiniões e checar a satisfação dos colaboradores, perfis e redes de contato para buscar feedback sobre educação, desempenho e desenvolvimento, bem como levantar informações durante o recrutamento e seleção. Como já diziam Norton e Kaplan, criadores do BSC (Balanced Scorecard), as empresas definem suas estratégias pensando no econômico-financeiro, nos clientes, nos processos e nas pessoas, mas são as pessoas que planejam o futuro, alavancam os projetos e viabilizam os negócios. Desse modo faz todo o sentido que a tecnologia seja aplicada para desenvolver as competências que a empresa necessita e seja um diferencial importante no desempenho organizacional.

 

Evandro Mees dos Santos é gerente de produto RH da Senior Sistemas.