Telesc investe no atendimento

0
1

No final de outubro, a Telesc anunciou a contratação de 1.139 mil pessoas para redimensionar o seu callcenter, que incorporará os serviços prestados nas 21 agências comerciais a serem fechadas até o final do ano no Estado de Santa Catarina. Assim, a empresa lançou um plano de demissão incentivada para os 160 funcionários que trabalham nessas agências, considerando a possibilidade de reaproveitar alguns deles.

A Telesc possui 700 atendentes no callcenter em Santa Catarina e, para o final do ano 2000, espera elevar esse número para 1.6 mil. Até o ano que vem, a empresa deverá investir R$ 20 milhões na ampliação do callcenter, além dos R$ 200 milhões já anunciados para a expansão da rede, segundo informou Victor Warken Filho, diretor comercial da Tele Centro Sul. As empresas de todo o país que quiserem ter comunicação direta com os clientes também terão acesso ao serviço.

Warken e Jorge de Moraes Jardim Filho, presidente da Tele Centro Sul, pediram ao governador Esperidião Amin, dia 27/10, a redução da alíquota de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é de 25%. A Telesc também encaminhou a sua solicitação à prefeita de Florianópolis, Angela Amin, mas em relação ao Imposto Sobre Serviços (ISS) recolhido pelo município.

Já tendo fechado 36 das 57 agências comerciais que tinha no Estado, a Telesc passou todos os serviços prestados por elas, tais como compra de nova linha, bloqueio ou desbloqueio de telefones e informação sobre preços, para o número 0800 411414, no sistema 24 horas.