Vai migrar para nuvem?

0
14
Apesar do mercado latino-americano de soluções hosted e cloud para contact centers permanecer em um estágio inicial, já começam a aparecer mostras de que está acelerando o ritmo a medida que surgem os primeiros adeptos da tecnologia. O desenvolvimento de um mix de ferramentas on-premises e off-site está abrindo caminho para que os modelos de hosted e cloud sejam aceitos na região, especialmente no Chile, Peru, Argentina, México e Brasil. É o que revela a nova análise da Frost & Sullivan, Analysis of the Hosted and Cloud Solutions for Contact Centers Market in Latin America.
O estudo aponta que empresas grandes preferem o modelo dedicado de cloud, pois ele fornece a segurança e confiança essenciais para o negócio. Por outro lado, empresas pequenas e médias são atraídas pelo modelo multi-tenant de cloud, que oferece tecnologia avançada a um baixo custo. Embora existam algumas substituições para os sistemas on-premises, o crescimento potencial das soluções hosted tende a ser mais forte a medida que a infraestrutura de instalações existentes está chegando ao final do ciclo de vida do seu produto.
“O menor custo total da operação de soluções hosted e cloud em comparação com os sistemas on-premises é um fator chave para o mercado de soluções hosted e cloud da América Latina”, afirma Maiara Paula Munhoz, analista da indústria de Information and Communication Technologies da Frost & Sullivan. “Além disso, as economias de custo aumentam conforme a organização de contact center expande e mais aplicações são migradas para a nuvem”, completa.
A analista comenta que as empresas que não oferecerem uma estratégia clara para novas plataformas de tecnologia terão dificuldades em competir com as aplicações fáceis de operar e com preços acessíveis dos concorrentes. “Para novos fornecedores, formar parcerias com prestadoras de serviços e integradores de sistemas auxiliará sua entrada neste mercado da América Latina”, aconselha.