Camara-e.net e E-consulting lançam índice de varejo on line

0
3

A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net) e a E-Consulting anunciam o início da medição vertical do índice de varejo on line (VOL), referente aos setores de turismo, automóveis e bens de consumo, registrado no mercado brasileiro no segundo trimestre de 2003. O VOL apresenta os volumes transacionados digitalmente no varejo, englobando as transações entre empresas e consumidores (B2C). De abril a junho deste ano, o VOL totalizou R$ 1.099,4 milhão, contra R$ 1.173,9 milhão no primeiro trimestre.
No segundo trimestre, o VOL-Turismo somou R$ 71,1 milhões – crescimento de 0,9% em relação aos R$ 70,5 milhões obtidos nos três meses iniciais do ano. “Apesar de ainda apresentar números tímidos, o crescimento do VOL-Turismo pode ser considerado positivo, em razão da sazonalidade a que está exposto o setor”, explica Daniel Domeneghetti, diretor de estratégia da E-Consulting e vice-presidente de Conhecimento e Métricas da Camara-e.net.
O VOL-Automóveis alcançou, entre abril e junho, R$ 655,4 milhões – montante 16,2% menor do que os R$ 782,3 milhões somados no primeiro trimestre. “Em todo o primeiro semestre, a atividade comercial do setor automotivo foi fortemente impactada pela conjuntura macro-econômica do país”, observa Domeneghetti.
Já o VOL-Bens de Consumo (artigos de informática, eletro-eletrônicos, livros, CDs, flores, presentes, brinquedos, alimentos, vestuário, compras supermercadistas e em drogarias e leilões ao consumidor), que reflete mais cruamente a atividade de e-commerce B2C no Brasil, totalizou R$ 363,8 milhões no segundo trimestre de 2003 – crescimento de 16,5% em comparação aos R$ 312,4 milhões registrados nos três primeiros meses do ano. “Esse aumento significativo se deve à consolidação inicial das operações dos principais varejistas (a maioria marcas tradicionais originárias do mundo físico), bem como a maior educação e aculturamento do e-consumidor, refletido em seus índices de satisfação e recompra”, analisa Domeneghetti.