Gafisa lança plataforma de produtos e serviços imobiliários

Subsidiária inclui compra, venda, aluguel, financiamento, reforma de imóveis, decoração, clube de compras e administração condominial

0
27
Fabio Romano, CEO da Gafisa Viver Bem
Fabio Romano, CEO da Gafisa Viver Bem

A transformação da Gafisa para se tornar uma plataforma completa de produtos e serviços imobiliários, transcendendo o core business de construção e incorporação, caminha a passos largos com o lançamento da plataforma Gafisa Viver Bem, subsidiária da Gafisa S.A. Além de trabalhar a compra e a venda de unidades, a plataforma reunirá os serviços de personalização, reforma, decoração, clube de compras e administração condominial, assim como atuará na concessão de seguros em geral para o imóvel e financiamento dos imóveis. A empresa já oferece também soluções de locação para investidores, cujo primeiro empreendimento a receber esta funcionalidade é o Moov Brás, em parceria com a startup Nomah.

O CEO da Gafisa Viver Bem, Fabio Romano, explica que a ideia da plataforma é que o consumidor – seja ele investidor ou público final – encontre em um só local a solução para todas as necessidades. “Se a pessoa quer comprar um novo apartamento, por exemplo, mas ela está na dependência de vender o seu antigo para concretizar o seu desejo, nós podemos alienar o seu imóvel e custeamos a entrada do novo.” A Gafisa Viver Bem também mira atingir a todos os clientes de sua carteira que já compraram unidades nestes 66 anos de atuação da Gafisa. “Para estes casos, podemos realizar um retrofit nos prédios, reformar os apartamentos e efetuar a administração condominial. Se o morador quiser vender e comprar um novo imóvel, também o apoiaremos neste processo”, completa Romano.

Como passo seguinte, a Gafisa Viver Bem pretende não só incluir na plataforma imóveis de dentro de casa, como também atuar com imóveis de terceiros. “Queremos deixar de ser a empresa de táxi imobiliário para nos tornarmos a Uber do setor”, sinaliza o CEO, que falou sobre esse projeto na live em que participou da ClienteSA Play. O objetivo é que todas as funcionalidades da plataforma estejam ativas até o fim de 2022.